Cristóvão pede retorno massivo da torcida: “O momento é esse”

5As duas vitórias consecutivas do Fluminense renovaram o ânimo no clube. Em razão deste novo momento, o técnico Cristóvão Borges entende que chegou a hora de o torcedor voltar a lotar o Maracanã, como fez no início do Campeonato Brasileiro.

- Quando começamos o trabalho existia uma confiança de tudo e de todos. Conseguimos reverter isso e tivemos jogos de 40 mil no Maracanã. Isso se deve aos nossos resultados e o comportamento. Nesse momento, acreditamos que vai voltar. Nossa campanha, durante um tempo, foi muito instável e não transmitimos a confiança que todos queremos. O momento é esse. Agora já mudamos isso. Esses dois resultados servem para isso e não tenho dúvidas de que teremos um grande público. A torcida é decisiva, sentimos, e é muito importante que ela vá – convocou o treindor.

Wagner lamenta injustiça com o amigo Fred

1Durante e depois da Copa do Mundo, grande parte do povo brasileiro e da imprensa elegeu Fred como o vilão da seleção brasileira. Amigo do camisa 9, o meia Wagner, do Fluminense, lamentou a maneira como julgaram o atacante.

- Para mim, foi uma baita injustiça, porque não jogaram só Fred e Felipão na Copa do Mundo. Foi um grupo, todo um planejamento e várias outras coisas que aconteceram. Infelizmente os dois pagaram muito caro por isso, mas o Fred manteve a cabeça no lugar. Ele sabia que poderia dar a volta por cima, tanto que hoje está ajudando bastante o Fluminense com seus gols e brigando pela artilharia – disse o apoiador.

O time do Fluminense já merece um voto de confiança?

enquete3

O time do Fluminense já merece um voto de confiança?

Ver resultados

Loading ... Loading ...

Cícero não treina e desfalca o time pela terceira vez seguida

Foto: Photocamera

Foto: Photocamera

Paulo Brito, direto das Laranjeiras

O meia Cícero seguirá desfalcando o Fluminense.  Ele não fez nenhuma atividade no campo nesta manhã de sexta-feira, nas Laranjeiras, e assim, não será relacionado para o jogo contra o Atlético-PR, sábado, no Maracanã. É a terceira vez que ele será ausência. Não atuou nas vitórias sobre Criciúma e Santos por conta de dores na coxa direita.  Cícero só apareceu no fim do rachão e ficou sentado à beira do gramado.

Coincidentemente, o camisa 5 fica fora depois de o técnico Cristóvão Borges promover mudanças no time. Uma delas foi exatamente a saída do apoiador para a entrada de Walter.

Confira os adversários dos times que lutam com o Flu pelo G4

Muitos acreditam que a tabela poderá ser um diferencial a favor do Fluminense na briga por uma vaga entre os quatro primeiros colocados do Brasileiro. Dos oito adversários, cinco são times de nível médio e três grandes. Além disso, contará com a volta de jogadores importantes, que estão lesionados, casos de Gum, Diguinho e Cícero.

Veja abaixo a tabela dos times que lutam com o Tricolor por um lugar na Copa Libertadores de 2015 e compare:

 

fluAtlético-PR (C)

Goiás (F)

Coritiba (F)

Botafogo (C)

Chapecoense (C)

Sport (F)

Corinthians (C)

Cruzeiro (F)

 

 

santosChapecoense (F)

Internacional (C)

Corinthians (F)

Cruzeiro (C)

Atlético-PR (F)

São Paulo (C)

Botafogo (C)

Vitória (F)

 

 

gremioCoritiba (F)

Vitória (C)

Internacional (C)

Criciúma (F)

Cruzeiro (C)

Corinthians (F)

Bahia (F)

Flamengo (C)

 

 

interBahia (C)

Santos (F)

Grêmio (F)

Goiás (C)

São Paulo (F)

Atlético-MG (C)

Palmeiras (C)

Figueirense (F)

 

 

atleSport (C)

Atlético-PR (F)

Palmeiras (F)

Figueirense (C)

Flamengo (C)

Internacional (F)

Coritiba (C)

Botafogo (F)

 

 

corinPalmeiras (F)

Coritiba (C)

Santos (C)

Bahia (F)

Goiás (F)

Grêmio (C)

Fluminense (F)

Criciúma (C)

 

 

SPGoiás (C)

Criciúma (F)

Vitória (F)

Palmeiras (C)

Internacional (C)

Santos (F)

Figueirense (C)

Sport (F)

 

Filho de Conca, mais uma vez, é atração nas Laranjeiras

Paulo Brito, direto das Laranjeiras

Benjamin, filho de Conca, novamente roubou a cena antes do treinamento desta sexta-feira. Sempre simpático e uniformizado de Fluminense, o garoto tem sido presença constante nas Laranjeiras.

Foto: Moyses Ferman

Foto: Moyses Ferman

Morto há dez anos, Serginho estudava proposta do Fluminense

2Há dez anos, o Brasil inteiro se chocava com a morte de Serginho, do São Caetano. Na partida contra o São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro de 2004, o zagueiro desmaiou em campo, em decorrência de uma parada cardiorrespiratória, e não resistiu. Aos 30 anos, vivia um momento especial, despertando o interesse de clubes importantes. Estudava propostas de Fluminense e Olympique de Marselha (FRA).

- Meu irmão queria jogar até os 40 anos. Sendo assim, estaria jogando até hoje e já se preparando para pendurar as chuteiras. Mas ele morreu fazendo aquilo que gostava. Ele lutou muito para chegar onde chegou. Ele pensou em desistir várias vezes, mas foi um guerreiro e seguiu em frente – afirmou Paulinho, irmão mais velho de Serginho.

Defendendo o time do ABC Paulista, Serginho foi vice-campeão do Brasileirão em 2000 e 2001, vice-campeão da Libertadores de 2002 e campeão do Paulistão de 2004 em cima do Paulista.

Além de Henrique, mais três voltam a treinar no campo

Foto: Photocamera

Foto: Photocamera

Paulo Brito, direto das Laranjeiras

Aos poucos, o vento começa a assoprar favoravelmente para o Fluminense. Além de Henrique, os volantes Rafinha e Diguinho e o goleiro Kléver surgiram no gramado e treinaram fisicamente.

Rafinha realiza exercícios físicos separadamente do elenco, enquanto Diguinho participa do tradicional futevôlei. Kléver trabalha com os demais goleiros. Cícero  não apareceu no campo.

Não se sabe ainda quem estará à disposição para o jogo contra o Atlético-PR, neste sábado, no Maracanã. Garantidas são as voltas de Bruno e Fred, que cumpriram suspensão pelo terceiro cartão amarelo a última partida.

Presença da torcida nas Laranjeiras é modesta

Foto: Paulo Brito/NETFLU

Foto: Paulo Brito/NETFLU

Paulo Brito, direto das Laranjeiras

A presença de torcedores nas Laranjeiras, nesta sexta-feira, véspera do jogo contra o Atlético-PR, é pequena. São poucos os que acompanham o último treino antes da importante partida do sábado, às 16h20, no Maracanã.

Diretoria e jogadores apostam em um bom público, visto que o Fluminense poderá alcançar, após dois meses, três vitória consecutivas e se aproximar de vez do G4, ou, quem sabe, até mesmo voltar ao grupo dos quatro primeiros colocados do Brasileiro.

Grupo político faz um alerta aos torcedores do Fluminense

cadeiraEm novo post em seu blog oficial, a Flusócio faz um apelo aos torcedores do Fluminense. O grupo político de apoio à gestão Peter Siemsen pede para que os tricolores sejam prudentes com os assentos do Maracanã, pois o Consórcio que o administra cobra caro para consertar as cadeiras danificadas.

De acordo com o grupo, cada cadeira quebrada custa R$ 400 aos cofres do clube. A concessionária vem cobrando este valor há alguns meses e quem paga a conta são as agremiações.

Antes de cada jogo, explica a Flusócio, funcionários do Fluminense fazem uma vistoria na arquibancada para garantir que tudo está em perfeitas condições.