Vídeo – Confira os gols de Flu x Cabofriense pelo Estadual sub-20

Estreia de Drubscky animou Wagner: “Impressão foi boa”

Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C

Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C

O primeiro jogo de Ricardo Drubscky deixou boa impressão não só nos torcedores do Fluminense. O meia Wagner gostou do que o time exibiu na noite de quinta-feira, no Maracanã. Sem sustos e controlando o jogo, o Tricolor derrotou a Cabofriense por 3 a 0.

– Importante começar com o pé direito. A impressão que deixou foi boa. Ficamos felizes porque os gols saíram e nos portamos bem defensivamente – destacou.

Promessa rechaça “Gersondependência”

Foto: Paulo Brito/NETFLU

Foto: Paulo Brito/NETFLU

O Fluminense, hoje, é dependente do Gerson? A pergunta endereçada ao meio-campista na entrevista coletiva foi respondida com uma boa dose de humildade. Nada que tire a responsabilidade do jovem em ser o criador das jogadas do time

– O time depende de todo mundo. Do Diego ao Fred, eles estando bem, todos estarão também. A responsabilidade eu encaro como uma coisa muito boa, foi o que eu escolhi, estar aqui. Estou trabalhando forte e se a responsabilidade for aumentando, estou preparado. Com a ajuda de todos que estão ao meu redor, estou pronto. Se aumentar, eu aumento junto – falou.

Vídeo – Ricardo Drubscky visita Sala de Troféus e se encanta

Flu fecha com goleiro cobiçado por outros grandes

2

O Fluminense assinou o contrato do jovem goleiro Leonardo Lang por três temporadas. O atleta de 17 anos foi descoberto numa peneira do Brasil Central, clube formador de jogadores de Mato Grosso. Lang está no Tricolor desde o ano passado e já realizou treinos ao lado dos goleiros profissionais Diego Cavalieri, Kléver e Júlio César.

A diretoria teve de agir rápido, já que Corinthians, Grêmio e Cruzeiro desejavam a contratação do goleiro.

Ricardo Drubscky estranha rejeição dos tricolores: “Fico chateado”

Foto: Bruno Haddad/Fluminense F.C

Foto: Bruno Haddad/Fluminense F.C

Quando surgiu o nome de Ricardo Drubscky para substituir Cristóvão Borges no Fluminense, a rejeição foi quase que imediata. Na segunda-feira, milhares de tricolores inundaram as redes sociais protestando contra a vinda do profissional, que se concretizou. O próprio técnico se surpreendeu com a reação:

– Estranhei um pouco a maneira como parte da torcida e das pessoas que envolvem o dia a dia do Fluminense, na expectativa de outro nome. Mas muito conformado com experiências anteriores no futebol brasileiro. Tranquilo, pés no chão. Tenho pouca experiência como treinador em grandes clubes. Foram Atlético-PR, Atlético-MG, Goiás. Fui gestor no Cruzeiro. Estou experiente, com uma idadezinha. Não me assustam. Fico chateado, mas não achando que é incomum. Ontem (quinta) veio a surpresa positiva. Não esperava Maracanã cheio. A campanha não é grandes coisas, a esperança no treinador também não (risos). Esperava gente revoltada, xingando. Para minha surpresa positiva, todos que foram aplaudiram, vibraram e foi muito legal – elogiou.

Dos destaques dos pequenos, qual você gostaria de ver no Flu?

Com um investimento mais modesto, a aposta do Fluminense pode ser, como vem sendo desde o fim do ano, a contratação de jogadores mais baratos. E o Campeonato Carioca pode ser um bom pré-vestibular para esses jogadores. Alguns deles vem se destacando. Destes, você gostaria de ver algum no Tricolor? Vote na enquete do NETFLU:

 

Dos destaques dos pequenos, qual você gostaria de ver no Fluminense?

Ver resultados

Loading ... Loading ...

 

enquete2

Jogo no Moacyrzão preocupa apoiador do Fluminense

2Além do Barra Mansa, outra preocupação de Wagner é com o gramado do Moacyrzão, palco do jogo deste domingo. O camisa de número 10 do Fluminense está preocupado com este fato, e com a parte física do elenco.

– Vai ser um jogo difícil. É num campo de dimensões menores, um campo pesado. Sentimos muito quando jogamos contra o Macaé. Vai ser a segunda partida na semana.Temos de descansar muito porque vai ser duro – projetou o meia.

Elias Duba: “Flu e Bota não têm melhor time do que o nosso”

3O orçamento do Madureira é mais modesto do que os de Botafogo e Fluminense, mas seu presidente, não. Elias Duba não hesitou em afirmar que o time montado para o Estadual é mais qualificado de que de seus próximos adversários.

– O Madureira não teme adversário nenhum. O Botafogo é o líder, a gente respeita, como respeitamos o Fluminense também. Mas o time do Fluminense não é melhor do que o do Madureira, nem o do Botafogo. Sabemos aonde podemos chegar e vamos chegando – declarou Duba.

O Madureira pega o Botafogo e Fluminense, respectivamente na penúltima e última rodadas da fase de pontos corridos do Campeonato Carioca. O próximo adversário do time suburbano também é um concorrente direto pelas semifinais: O Macaé, neste sábado, em Conselheiro Galvão.

Preleção demorada de técnico não incomoda Gerson

Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C

Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C

A preleção de Ricardo Drubscky, papo que todo treinador tem com os jogadores antes das partidas, levou bem mais tempo do que a de Cristóvão. Nada que tenha incomodado o grupo de atletas do Fluminense, nem os mais jovens, como Gerson:

– Cada um tem seu trabalho. Cada um trabalha da sua maneira. O Cristóvão do jeito que ele achava que era certo e o professor do dele. Ele acha que deve ser um pouco mais demorado e temos que respeitar.