Volante lamenta time ter ficado longo período sem uma sequência

Foto: Photocamera

Foto: Photocamera

Edson comemora, mas acha inadmissível o Fluminense ficar dois meses sem ganhar, pelo menos,duas partidas seguidas. Com a meta alcançada, o objetivo agora é engatar a terceira vitória consecutiva, mas espera por dificuldades.

- Já precisávamos desse gás há bastante tempo. Tínhamos que já ter dado uma engrenada no campeonato. Foram 17 rodadas sem ganhar duas partidas seguidas. É muita coisa para um clube do tamanho do Fluminense. Pudemos conquistar duas vitórias seguidas e com a chance de fazer a terceira. Vamos em busca disso. O Atlético é uma equipe muito forte, vem de vitórias seguidas, mas temos condições de fazer o resultado – afirmou Edson.

Peter Siemsen inicia projeto para separar futebol do social

3O presidente do Fluminense, Peter Siemsen, já deu início ao planejamento para projeto de separação do futebol da parte olímpica e social do clube. Entre março e maio, o gestor pretende apresentar a ideia para ser aprovada no segundo semestre de 2015, mas ainda é cauteloso sobre o assunto.

- Tenho a ideia e estamos estudando e trabalhando, mas ao mesmo tempo me envolvi com a questão fiscal. Se não resolver essas coisas, não posso propor nada. O caminho de ter um modelo de gestão de empresa, não necessariamente vai constituir empresa. Constituir empresa é uma mudança grande, importante, para o mercado brasileiro um dia – disse.

Informa o site Globoesporte.com que a medida está em estágio avançado. Peter aposta na cisão do clube esporte olímpico e social como ponto de partida para tentar organizar o Fluminense. Ele é entusiasta do modelo praticado na Europa: o clube e a associação têm 51%, o restante está dividido entre os patrocinadores. O Tricolor passaria a ter investidores na gestão de futebol, com assento no Conselho de Administração, como acionistas e com participação em decisões.

Peter contratou um escritório para elaborar o projeto de separação e montá-lo com as adequações jurídicas necessárias. O clube precisa, por exemplo, conseguir as certidões negativas de débito (CNDs), que representam o equacionamento das dívidas fiscais nas esferas dos Governos Federal, Estadual e Municipal. O futebol-empresa ficaria com dívidas e imóveis. Já a parte social ficaria para uso do clube social e olímpico.

 

Fluminense interrompe jejum de dois meses

Foto: Nelson Perez

Foto: Nelson Perez

Avassalador de paulistas, o Fluminense celebrou uma marca que, para um grande clube do tamanho do Tricolor, não é mais do que normal. Entretanto, as duas vitórias seguidas interromperam uma série de 17 rodadas sem conseguir tal feito ou dois meses.

Entre 20 e 27 de julho, os comandados de Cristóvão Borges derrotaram Santos, Atlético-PR e Goiás. De lá para cá, o Flu nunca conseguiu ganhar duas vezes consecutivas. Alternou vitórias, derrotas e muitos empates. Tanto é assim que a equipe é aquela que mais empatou no returno. Veja a sequência sem vitórias seguidas:

09/08 – Fluminense 1 x 1 Coritiba – Maracanã – Brasileiro

17/08 – Botafogo 2 x 0 Fluminense – Mané Garrincha

20/08 – Chapecoense 1 x 0 Fluminense – Arena Condá

24/08 – Fluminense 4 x 0 Sport – Maracanã

31/08 – Corinthians 1 x 1 Fluminense – Itaquerão

07/09 – Fluminense 3 x 3 Cruzeiro – Maracanã -

10/09 – Figueirense 1 x 1 Fluminense – Orlando Scarpelli

13/09 – Fluminense 3 x 0 Palmeiras – Maracanã

17/09 – Vitória 3 x 1 Fluminense – Barradão

21/09 – Flamengo 1 x 1 Fluminense – Maracanã

24/09 – Fluminense 0 x 0 Grêmio – Maracanã

27/09 – São Paulo 1 x 3 Fluminense – Morumbi

04/10 – Fluminense 1 x 1 Bahia – Mané Garrincha

09/10 – Fluminense 0 x 0 Atlético-MG – Maracanã

12/10 – Internacional 2 x 1 Fluminense – Beira-Rio

18/10 – Fluminense 4 x 2 Criciúma – Maracanã

22/10 – Santos 0 x 1 Fluminense – Vila Belmiro

 

Edson combate euforia: “Mas precisamos mais da vitória do que eles”

Foto: Nelson Perez

Foto: Nelson Perez

Em sétimo lugar, o Fluminense busca uma aproximação maior do G4. Derrotando o Atlético-PR, o objetivo, com uma combinação de resultados, pode ser alcançado. Mas para isso, o volante Edson quer todos os jogadores com a cabeça no lugar, mas consciente de que a vitória no sábado, no Maracanã, é obrigatória.

- Temos que trabalhar bem a bola, com objetividade. Não adianta ir com euforia, senão vai tudo por água abaixo. Precisamos mais do que eles da vitória e vamos em busca disso. Queremos entrar no G4, cara. Por isso digo que precisamos mais da vitória do que eles – declarou o cabeça de área.

Fluminense é eliminado da Copa do Brasil sub-20

fluA garotada tricolor não conseguir ir além da Copa do Brasil sub-20. Nesta tarde de quinta-feira, o Fluminense foi eliminado pelo Atlético-PR, nas oitavas de final da competição. O time paranaense venceu por 3 a 1 nas Laranjeiras e garantiu vaga na próxima fase. No jogo da ida, o Atlético derrotou o Flu por 1 a 0.

 

No dia de convocação, Thiago Silva perde o pai

O ídolo do Fluminense Thiago Silva recebeu uma boa e uma má notícia nesta quinta-feira. Enquanto foi confirmada seu retorno à seleção em convocação do técnico Dunga, o pai do melhor zagueiro do mundo faleceu. Via instagram, o jogador manifestou sua tristeza:

- Sem palavras nesse momento, obrigado por tudo que o senhor fez por mim. Sempre foi um exemplo pra minha vida. Se eu cheguei aonde eu cheguei na minha carreira, foi graças a você! O senhor que foi meu pai, amigo e parceiro é meu super herói , em todos os momento que eu precisava lá estava você pra me socorrer! Por mais que agente se prepare pra tal situação, nós nunca estamos preparados . Descanse em paz, pai – escreveu o capitão do Brasil na Copa do Mundo.

1

Parte dos funcionários do Fluminense recebem atrasados

2A direção do Fluminense quitou os salários de setembro de funcionários que recebem até R$ 4,6 mil. Jogadores e comissão técnica devem receber seus vencimentos até esta sexta-feira.

O dinheiro usado para o depósito entrou em caixa porque o clube conseguiu evitar algumas penhoras. A meta é evitar novos atrasos, algo que ocorreu também em agosto, a partir do saldo referente a outubro. O planejamento segue a expectativa de liberação de verbas de televisão retidas pela Justiça. O recurso está suspenso há mais de um ano, e o Fluminense, baseado na adesão ao novo Refis, um programa de recuperação fiscal que permite o parcelamento de dívidas com a União, tenta voltar a receber o dinheiro.

Goiás consegue efeito suspensivo e pega o Fluminense com torcida

goiasxfluSuspenso pela briga entre torcedores na partida contra o Figueirense, em 4 de outubro, o Goiás foi obrigado a atuar de portões fechadas em três partidas. Dentre elas, contra o Fluminense, dia 1º de novembro. Porém, o jurídico do clube, através do advogado João Bosco Luz,conseguiu um efeito suspensivo e poderá atuar no Serra Dourada com torcida.

Até que o recurso seja julgado, os torcedores esmeraldinos estão livres para acompanhar o time contra o Tricolor, Bahia e Corinthians.

Edson anteviu cruzamento de Chiquinho

4Edson é um primeiro volante de origem. Como principal característica, marca para depois chegar no ataque. Mas já foram três gols neste Campeonato Brasileiro, um deles na importantíssima vitória sobre o Santos, aos 45 minutos do segundo tempo. Ele relembrou a jogada e previu o cruzamento de Chiquinho.

- Ele (Cristóvão Borges, treinador do Fluminense) já me conhece bem e a gente não é bobo. Todos sabem o que fazer dentro de fazer em campo. Ele passa as orientações. Quando a bola chegou no Chiquinho, já imaginava que a bola cairia ali mesmo porque tem a batida muito boa. Fui feliz, estava no lugar certo e concluí a gol – destacou o jogador.

“Se derem bobeira, vamos ser merecedores”, avisa Wagner

Foto: Nelson Perez

Foto: Nelson Perez

Criciúma e Santos foram as primeiras vítimas do Fluminense, que está totalmente focado nos últimos dez jogos do Brasileiro. Faltam oito. Com cinco ou seis vitórias, o time, provavelmente, se classificará para a Libertadores e é nisso que o meia Wagner visa, sem colocar uma pressão indevida nos ombros.

- Cristóvão conversou conosco e disse que tínhamos dez finais. Dessas dez, tínhamos de pensar jogo a jogo. Tínhamos Criciúma, que era céu ou inferno. Se perdêssemos, teríamos muito mais problemas, mas vencemos. Contra o Santos fora foi muito difícil, mas vencemos. Agora é Atlético-PR. Estamos pensando no próximo adversário. Se derem bobeira, vamos ser merecedores. Não podemos botar um peso que não é nosso, de pensar em G-4, G-4 e G-4. Se chegarmos ao final dentro dele, é missão cumprida – destacou, no “Arena SporTV”.