Motivado, Gerson ressalta: “Aqui é Flu, Time de Guerreiros”

 

Gerson jogará aberto, na ponta direita (Foto: Bruno Haddad - FFC)

Gerson jogará aberto, na ponta direita (Foto: Bruno Haddad – FFC)

De volta ao time titular do Fluminense, Gerson está animado. Ele garante que o time se preparou com afinco para o duelo com o Corinthians e confia piamente numa vitória neste quarta-feira, no Itaquerão.

– Trabalhamos forte e vamos buscar a vitória. Estamos completamente motivados para este jogo. Aqui é Fluminense, Time de Guerreiros. Tem que dividir a primeira, a segunda, todas as bolas. Estou focado aqui e espero que nosso time consiga vencer o Corinthians – afirmou o meia.

 

Corinthians x Fluminense será exibido para quase todo o Brasil

1

Praticamente o Brasil inteiro poderá assistir a Corinthians x Fluminense. O jogo será transmitido pela tv aberta para 24 estados mais Distrito Federal: Rio de Janeiro, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Minas Gerais, Espírito Santo, Goiás, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia, Sergipe, Alagoas, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí, Maranhão, Pará, Amazonas, Rondônia, Acre, Amapá e Roraima. A partida acontece nesta quarta-feira, às 22h, na Arena Corinthians.

 

Vice de futebol contemporiza ida de Ronaldinho a vestiário do Galo

 

Ronaldinho posa com Dátolo e Luan, numa das fotos que tirou com jogadores do Atlético-MG, na última tarde (Imagem: Reprodução Instragram)

Ronaldinho posa com Dátolo e Luan, numa das fotos que tirou com jogadores do Atlético-MG, na última tarde (Imagem: Reprodução Instragram)

A visita de Ronaldinho Gaúcho ao vestiário do Atlético-MG logo após à derrota do Fluminense no último domingo gerou polêmica. Para Mário Bittencourt, nada anormal. O vice de futebol enxerga a atitude do craque como algo corriqueiro no meio do futebol, citou exemplo recente e disparou sobre Emerson.

– Quanto ao Ronaldo ele fez uma visita ao vestiário do Atlético após o jogo, assim como o Walter esteve em nosso vestiário na Arena da Baixada após uma vitória nossa esse ano. Algo comum no futebol. Aliás basta ver que os próprios atletas do Atlético vestiram a camisa do Fluminense dentro do vestiário para homenagear o ex-companheiro. Quanto ao Sheik? Mandei embora e mandaria ele embora outra vez – disse Mário, em resposta ao presidente da  Unimed, Celso Barros.

Na realidade, não foi Mário Bittencourt o responsável pela dispensa de Emerson, em abril de 2011. Na ocasião, não fazia parte do departamento de futebol. A vice-presidência da pasta estava sendo acumulado pelo presidente Peter Siemsen desde a exoneração de Alcides Antunes em março.

Fluminense apresentará proposta de renovação para promessa

gustavo scarpaMarlon foi o primeiro a estender seu contrato com o Fluminense. A meta agora é prorrogar o compromisso com Gustavo Scarpa. Um dos jogadores mais regulares do time, o versátil atleta tem contrato até 31 de dezembro de 2017. A ideia é renovar até o fim de 2009, com aumento salarial.

Tudo será apresentado ao empresário Bruno Paiva, agente responsável pela carreira do atleta de 21 anos, provavelmente, na próxima semana.

Vinícius deve alcançar 30 jogos pelo Fluminense: “Marca significativa”

ViniciusVinícius  começa o jogo contra o Corinthians no banco de reservas. Caso seja requisitado pelo técnico Enderson Moreira fará sua partida de número trinta pelo Fluminense, um número representativa para o armador.

– Para mim, chegar a 30 atuações pelo Fluminense é uma marca significativa. Desde que soube que o clube estava interessado no meu futebol, procurei agarrar com unhas e dentes essa oportunidade. Isso me ajudou a conquistar meu espaço no dia a dia de treinos e nos jogos. Agora, atingir esse número de partidas em um momento de retorno à equipe é algo que me motiva bastante. Estamos passando por uma maratona de confrontos muito difíceis e decisivos, mas tenho confiança em nossa capacidade de permanecer na briga. Estou voltando pouco a pouco, mas, a cada dia que passa, me sinto mais preparado para participar e tentar fazer a diferença. Na última semana, me dediquei à recuperação da plena forma e do ritmo de jogo. Estou pronto para dar o meu melhor em campo nas decisões que temos pela frente – declarou.

Desfalcado, adversário recebe o Fluminense com pratas da casa

2O líder do Campeonato Brasileiro tem problemas para o duelo com o Fluminense, nesta quarta-feira, no Itaquerão. O lateral-esquerdo Uendel e  os volantes Elias, convocado pela seleção brasileira, e Bruno Henrique são os desfalques, o cabeça de área de última hora em razão de dores no tornozelo esquerdo.

Dois jovens das categorias de base serão titulares na partida: Guilherme Arana na lateral e Marciel no meio. O provável time é: Cássio, Fagner, Edu Dracena, Gil e Guilherme Arana; Ralf; Jadson, Marciel, Renato Augusto e Malcom; Vagner Love. Veja abaixo os relacionados:

 

Goleiros: Cássio, Walter e Matheus Vidotto
Laterais: Fagner, Edílson e Guilherme Arana
Zagueiros: Gil, Edu Dracena e Yago
Volantes: Ralf, Marciel, Cristian e Gustavo Viera
Meias: Jadson, Renato Augusto, Danilo, Rodriguinho, Matheus Pereira e Matheus Vargas
Atacantes: Malcom, Vagner Love, Rildo e Romero

Conheça cada um dos jovens tricolores finalistas do sub-20

sub 20GOLEIROS

Matheus – Matheus Felipe Coutinho Gomes (10/02/1995) – Considerado o melhor goleiro do Brasileiro Sub-20, Matheus se destaca pelo bom posicionamento e pela explosão em suas belas defesas. Foi fundamental na campanha do Fluminense até a final. Sobrinho do ex-goleiro da Seleção Brasileira, Gomes, o arqueiro tricolor chegou na Fábrica de Talentos de Xerém em 2012, após se destacar no Atlético-MG e ser observado pelo departamento de captação do Fluminense.

Jennerson – Jennerson de Abreu Mendes (04/07/1997) – Conhecido como o Grande Muro de Xerém, Jennerson chegou ao Fluminense no futsal do clube com menos de dez anos de idade. Com uma qualidade impressionante o goleiro foi subindo e passando, com destaque, por todas as divisões de base do clube. Eleito o melhor goleiro do CEE-Cup, na República Tcheca, Jennerson tem nas defesas de pênaltis seu principal trunfo para brilhar com as cores do Tricolor no futuro.

 

LATERAIS

Breno Santos – Breno Lucinda dos Santos (18/01/1996) – Breno Santos é um lateral muito habilidoso que tem um chute diferenciado. O jogador chegou ao Fluminense em 2013 após ter sido observado pelo departamento de captação do Fluminense. O lateral já tinha destaque no Cruzeiro, seu clube anterior, mas foi em Xerém que ele amadureceu e se tornou um dos grandes laterais da sua idade no país.

Breno Caetano – Breno Pereira Caetano (24/01/1997) – O jovem lateral Breno Caetano é um jogador moderno, que marca e apoia muito bem. Poliglota, o lateral fala inglês fluente e estuda alemão e espanhol. Mais uma cria do futsal do Fluminense, Breno é mais uma grande promessa para o futuro do clube.

Leonardo – Leonardo Pinheiro da Conceição (06/03/1996) – Um dos grandes destaques do Sub-20 do Fluminense, Leonardo é um lateral-esquerdo diferenciado. O jogador vem chamando a atenção da imprensa e dos torcedores. O atleta chegou ao Fluminense em 2010, após fazer testes em Xerém e ser incorporado após um período de experiência no clube. Por conta do seu porte físico, chegou a ser chamado de Pelé pelos amigos.

 

ZAGUEIROS

Derlan – Derlan de Oliveira Bento (03/02/1995) – Derlan é um zagueiro clássico, que se destaca tanto pelo bom posicionamento como com a bola nos pés. Um dos melhores zagueiros do Brasileiro Sub-20, chegou ao Fluminense em 2013, após se destacar pelo Desportivo Brasil.

Nogueira – Ygor Nogueira de Paula (27/03/1995) – O capitão do Sub-20 do Fluminense, Nogueira é um zagueiro pronto para jogar em qualquer lugar do mundo. Sempre bem na marcação, o jogador chegou ao Fluminense em 2006. O atleta fez parte do Plano de Carreira do clube e foi emprestado ao Genk, da Bélgica. Quando retornou ao Tricolor, assumiu a titularidade da equipe Sub-20. É considerado pelo zagueiro Marlon Santos o melhor companheiro de zaga que ele já teve.

Frazan – Wesley Frazan Bernardo (05/06/1996) – O bom zagueiro Frazan sempre se destacou no Fluminense pelo seu porte físico e por sua seriedade tanto nos treinos como nos jogos. Seguro, o defensor chegou ao Fluminense em 2013, após se destacar pelo Macaé.

 

MEIO CAMPISTAS

Luiz Fernando – Luiz Fernando Ferreira Maximilano (08/05/1994) – Qualquer treinador gostaria de ter Luiz Fernando na frente de sua zaga. Bom marcador, com ótima visão de jogo e muita dedicação, o volante vem se destacando durante o Brasileiro Sub-20. O jogador chegou ao Fluminense em 2011, após boa passagem pelo Nova Iguaçu e não demorou muito para assumir a titularidade em Xerém. Escolhido para fazer parte do Projeto Plano de Carreira, fez intercâmbio nos Estados Unidos, onde teve a oportunidade de treinar no DC United. Luiz já treina com os profissionais do Fluminense e é uma grande promessa de Xerém para o setor.

Douglas – Douglas Augusto Soares Gomes (13/01/1997) – Douglas é o grande destaque do Sub-20 do Fluminense. Segundo volante com muita qualidade de marcar e chegar ao ataque, o jogador tem tudo para ser eleito o craque do Brasileiro Sub-20. Suas atuações chamaram a atenção da equipe profissional do clube. Oriundo do futsal do Fluminense, o atleta já vem sendo relacionado para os jogos do time principal e em breve deve estar fazendo a tão esperada estreia no time do técnico Enderson Moreira.

Bonilha – Wallace Bonilha Felix (26/01/1996) – Muito bem na marcação e com boa chegada ao ataque. Bonilha é um dos melhores volantes de sua idade. O jogador chegou ao Fluminense em 2006 e não demorou muito para se destacar e ser chamado para a Seleção Brasileira Sub-17. Inteligente, o jogador vem se destacando tanto dentro como fora de campo. O atleta faz faculdade de Administração e quer aproveitar todo o conhecimento para se tornar um atleta cada vez melhor.

Daniel – Daniel Sampaio Simões (11/01/1996) – Daniel, ou Danielzinho, como também é conhecido, é o camisa 10 do time Sub-20 do Fluminense. Com uma qualidade diferenciada vem chamando a atenção de todos por sua habilidade. Chegou a ser elogiado pelo craque do futsal, Falcão, após ter dado duas canetas seguidas no jogo contra o Vasco pela segunda fase do Brasileiro Sub-20. Certamente será mais um nome do Fluminense na lista de melhores da competição.

Peu – Peterson Silvino da Cruz (24/04/1993) – Poucos times no Brasil têm um jogador de tanta qualidade como Peu. O mais experiente do grupo, o atleta se destaca pela boa visão de jogo e por ser uma das lideranças dos jovens jogadores do Fluminense. O meia-atacante chegou ao clube em 2013 e também participou do Plano de Carreira d base tricolor, sendo emprestado ao Santos Laguna, do México. Longe de casa, o atleta se desenvolveu e voltou muito melhor ao Tricolor.

 

ATACANTES

Matheus Pato – Matheus Antônio Souza Santos (08/06/1995). O grande atacante Matheus Pato chegou no clube através do sistema de captação do Fluminense, após se destacar pelo Atlético Acreano na Copa São Paulo de 2013. O apelido Pato é por conta de sua voz rouca. Era chamado de Pato Rouco no Acre e virou Matheus Pato ao chegar na Fábrica de Talentos de Xerém. O atleta participou do programa de Plano de Carreira do Fluminense e foi emprestado, para fazer intercâmbio, ao Benfica de Portugal. Na Europa, chegou a disputar a UEFA Youth League (correspondente a Champions League Sub-19). No Velho Continente aprendeu uma nova cultura, uma forma diferente de jogar e retornou ao Fluminense ainda mais forte, conquistando a vaga de titular do Sub-20 do Flu. É o atual artilheiro do Brasileiro Sub-20 com seis gols. Suas atuações renderam para ele a oportunidade de treinar entre os profissionais do clube.

Matheus Alessandro – Matheus Alessandro dos Santos Pereira (10/07/1996) – Atacante de dribles curtos e muita velocidade. Quando se destacou na Taça das Favelas, em 2013, Matheus Alessandro nunca imaginou que seria chamado para treinar no Fluminense pelo sistema de captação do clube. No Tricolor, o jogador se desenvolveu e se tornou uma das peças principais do técnico Luiz Felipe Santos.

Pedro – Pedro Guilherme Abreu dos Santos (20/06/1997) – Pedro é o típico centroavante fazer de gols. Com uma finalização mortal, o jogador se destacou neste ano nos dois torneios que o Sub-20 disputou na Europa no primeiro semestre. Foi peça fundamental na conquista do Torneio Terborg, na Holanda e no Sapx Cup, na Alemanha. O jogador chegou ao Fluminense em 2014, após fazer boas partidas pelo Artsul.

Felipe – Felipe Souza Moreno Sampaio (03/05/1997) – Um centroavante que sabe jogar tanto dentro como fora da área é o sonho de qualquer treinador. O técnico Luiz Felipe Santos, do Sub-20 do Fluminense, tem no Felipe este jogador. Na final desta quarta-feira jogará praticamente em casa, pois foi captado pelo Fluminense em 2012, após fazer boas participações com a camisa do Vitória. Foi um dos principais jogadores do clube no vice-campeonato do CEE-Cup, deste ano, na República Tcheca.

Patrick – Patrick Carvalho dos Santos (06/02/1997) – Autor do gol do Fluminense no empate em 1 a 1 contra o Vitória na primeira partida da final do Brasileiro Sub-20, Patrick é um atacante diferenciado. Mesmo não participando de toda a competição, por ter ido disputar dois torneios pelo Flu na Europa, é um dos artilheiros do time no Brasileiro Sub-20, com três gols. Com muita qualidade e uma grande explosão, o jogador chegou na Fábrica de Talentos de Xerém em 2012 após fazer grandes partidas pelo Desportivo Brasil.

Paulinho – Paulo Lucas Santos de Paula (08/01/1997) – Paulinho é mais um jogador que deve estar entre os melhores do Campeonato Brasileiro Sub-20. Habilidoso e com uma visão de jogo incrível, o jogador se destacou durante toda a competição pelos seus dribles e grandes jogadas. Mais um atleta oriundo do futsal tricolor, é rápido e gosta de ter a bola nos pés. Não participou dos últimos jogos da equipe por estar se recuperando de uma lesão. Porém, já se sente melhor e tem tudo para estar em campo nesta quarta-feira.

Marquinhos – Marcos Vinícius Silva Rocha Calazans (14/06/1996) – Quando chegou no Fluminense em 2012, após se destacar no Tigres do Brasil, Marquinhos já demonstrava um futebol diferenciado para a sua idade. Após fazer parte do Plano de Carreira e ser emprestado para o Liberec, da República Tcheca, o jogador ficou ainda melhor e voltou para o Fluminense assumindo a titularidade do Sub-20 nesta reta final do Brasileiro da categoria. Atacante de lado de campo muito rápido e habilidoso. Tem tudo para ser mais uma vez o grande terror dos zagueiros adversários nesta quarta-feira contra o Vitória.

Torcida está dividida quanto ao aproveitamento de Gustavo Scarpa

(Foto: Bruno Haddad - FFC)

(Foto: Bruno Haddad – FFC)

Após dois jogos atuando como meia esquerda, Gustavo Scarpa está de volta à lateral. Ele será utilizado novamente no setor defensivo pelo técnico do Fluminense, Enderson Moreira, no confronto com o Corinthians, nesta quarta, em São Paulo. Se a dúvida persiste sobre o melhor aproveitamento do jovem na cabeça do treinador, imagine na do torcedor?

O NETFLU quis saber se Scarpa deveria ser mantido na lateral esquerda. Os internautas estão divididos. Venceu, portanto, uma pequena maioria, que prefere vê-lo mais adiantado, como um autêntico meio-campista. Veja o resultado final:

enquete

 

 

Veja quais clubes mais perderam jogadores para o exterior

Bryan Olivera foi emprestado para clube norte-americano

Bryan Olivera foi emprestado para clube norte-americano

A janela de transferências internacionais fechou na maioria dos países europeus na última segunda-feira. O saldo para alguns deles foi positivo, financeiramente, mas com prejuízo técnico. Entre os clubes que disputam a Série A do Brasileiro, o São Paulo foi quem mais perdeu atletas: sete. O Fluminense concretizou cinco negociações, embora uma delas, Gerson, siga nas Laranjeiras até dezembro. Veja as baixas de cada uma das 20 agremiações:

ATLÉTICO-MG – 3
Jô (Al-Shabab, dos Emirados Árabes), Maicosuel (Al Sharjah, dos Emirados Árabes) e Guilherme (Antalyaspor, da Turquia)

ATLÉTICO-PR – 2
Ederson (Kashiwa Reysol, do Japão, na imagem acima) e Natanael (Ludogorets-BUL).

AVAÍ – 0
Nenhum jogador saiu na janela.

CHAPECOENSE – 2
Edmilson (Cerezo Osaka, do Japão) e Abuda (Gaziantepspor, da Turquia).

CORINTHIANS – 1
Mendoza (Chennaiyin, da Índia)

CORITIBA – 1
Giva (Unió Esportiva Llagostera, da Espanha).

CRUZEIRO – 1
Henrique Dourado (Vitória de Guimarães, de Portugal).

FIGUEIRENSE – 0
Nenhum jogador saiu na janela.

FLAMENGO – 5
Arthur Maia (Kawasaki Frontale, do Japão), Eduardo da Silva (Shakhtar Donetsk, da Ucrânia), Mugni (Newell’s Old Boys, da Argentina), Victor Cáceres (Al Rayyan, do Catar) e Anderson Pico* (emprestado ao Dnipro, da Ucrânia).

FLUMINENSE – 5
Bryan Oliveira (LA Galaxy, dos Estados Unidos), Kenedy (Chelsea, da Inglaterra), Gerson (Roma, da Itália), Wagner (Tianjin Teda, da China) e Ronan (Porto, de Portugal). Gerson já está acertado para sair do país, mas segue no futebol brasileiro até o fim do ano.

GOIÁS – 1
Erik (Fenerbahce, da Turquia). Atacante já está acertado para sair do país, mas segue no futebol brasileiro até o fim do ano.

GRÊMIO – 2
Rhodolfo (Besiktas) e Fellipe Bastos (Al Ain, dos Emirados Árabes).

INTERNACIONAL – 6
Aránguiz (Bayer Leverkusen, da Alemanha), Nilmar (Al Nasr, dos Emirados Árabes), Allan Souza (Liverpool, da Inglaterra), Cláudio Winck* (emprestado ao Verona, da Itália), Maurides* e Leandro* (emprestados ao Arouca, de Portugal).

JOINVILLE – 0
Nenhum jogador saiu na janela.

PALMEIRAS – 2
Valdívia (Al Wahda, dos Emirados Árabes) e Leandro Pereira (Club Brugge, da Bélgica).

PONTE PRETA – 2
Pablo (Bordeaux, da França) e Renato Cajá (Sharjah FC, dos Emirados Árabes).

SANTOS – 2
Cicinho (Ludogorets, da Bulgária) e Emerson* (Roma, da Itália).

SÃO PAULO – 7
Paulo Miranda (RB Salzburg, da Áustria), Denilson (Al Wahda, dos Emirados Árabes), Souza (Fenerbahçe, da Turquia), Jonathan Cafu (Ludogorets, da Bulgária), Boschilia (Monaco, da França), Rafael Toloi (Atalanta, da Itália) e Doria (Granada, da Espanha).

SPORT – 0
Nenhum jogador saiu na janela.

VASCO – 3
Gilberto (Chicago Fire, dos Estados Unidos), Yago (Minnesota, dos Estados Unidos) e Montoya (Vitória de Guimarães, de Portugal).

É hoje! Flu joga por vitória simples para ser campeão brasileiro sub-20

2Nesta quarta-feira, o Fluminense decide o Brasileiro sub-20 com o Vitória, às 16h30, no Barradão, com transmissão da ESPN Brasil e Sportv. Uma vitória simples, assim como um empate por dois ou mais gols, dá o título à equipe carioca, única invicta na competição, dona da melhor campanha, melhor ataque, melhor defesa, e artilheiro do campeonato: Matheus Pato, com seis gols.

Na primeira fase, os Guerreirinhos venceram Ponte Preta, São Paulo, Atlético-PR e Internacional. Classificado para a fase seguinte, fez seus arquirrivais chorarem. O Tricolor caiu na chave E ao lado de Flamengo, Palmeiras e Vasco. Derrotou os cariocas duas vezes, venceu o Palmeiras numa ocasião e empatou na outra. Líder do grupo com 15 pontos, classificou-se para a decisão com o Vitória, primeiro colocado na outra chave.

Em um Maracanã com mais de 8.200 tricolores na última quarta, o Fluminense foi superior durante quase todo o jogo, mas só conseguiu vazar a defesa baiana uma vez, impedindo a derrota. O placar de 1 a 1 deu a vantagem aos rubro-negros, que jogam pelo 0 a 0. Confira abaixo a campanha da garotada de Xerém:

 

10/06 – Ponte Preta 2 x 3 Fluminense – Moisés Lucarelli

17/06 – Fluminense 3 x 2 São Paulo – Moacyrzão

25/06 – Atlético-PR 0 x 1 Fluminense – Francisco Muraro

08/07 – Fluminense 2 x 1 Internacional – Laranjeiras

14/07 – Fluminense 1 x 0 Flamengo – Moça Bonita

21/07 – Vasco 1 x 2 Fluminense – São Januário

28/07 – Palmeiras 0 x 0 Fluminense – Martins Pereira

04/08 – Fluminense 1 x 0 Palmeiras – Moça Bonita

12/08 – Fluminense 5 x 1 Vasco – Laranjeiras

19/08 – Flamengo 0 x 2 Fluminense – Gávea

27/08 – Fluminense 1 x 1 Vitória – Maracanã

02/09 – Vitória x Fluminense – Barradão