René Simões aposta no mistério para surpreender o Fluminense

René Simões relata cansaço do time do Botafogo com maratona de jogos

René Simões relata cansaço do time do Botafogo com maratona de jogos

Na véspera do segundo jogo da semifinal do Campeonato Carioca, René Simões faz mistério no Botafogo para tentar surpreender o Fluminense, sábado, às 18h30, no Engenhão. O técnico alvinegro realizou treino fechado à imprensa nesta sexta e não entrega a escalação nem sob tortura.

– Vamos fazer amanhã (sábado) o nono jogo em 28 dias. Temos alguns jogadores aqui no limite. Isso está sendo levado em consideração. Vocês viram como o time terminou o duelo contra o Botafogo da Paraíba – despistou.

Dirigente explica a importância do Certificado de Clube Formador

Marcelo Teixeira fez críticas à Ferj por ignorar pedido do clube por tanto tempo (Foto: Photocamera)

Marcelo Teixeira fez críticas à Ferj por ignorar pedido do clube por longo tempo (Foto: Photocamera)

Demorou, mas o Fluminense conseguiu o Certificado de Clube Formador. Gerente de futebol tricolor Marcelo Teixeira explica a importância de possuir tal status. Com uma crítica à Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), por ter ignorado os apelos do clube por tanto tempo, o dirigente afirma que agora o Tricolor está protegido em casos como, por exemplo, o do Paulo Vitor, que abandonou Xerém e seguiu para o Vasco, com anuência da Ferj.

– Há mais de um ano estávamos prontos para receber esse certificado. Cumprimos todas as exigências que a lei determina. Solicitávamos à Federação que fosse feita uma inspeção e ela simplesmente ignorava. Foi um trabalho feito pelo Marcelo Penha, presidente Peter e, finalmente, recebemos o certificado de clube formador, o que prova que o Fluminense investe em suas divisões de base. Tudo aquilo que é necessário para desenvolver um atleta o Fluminense vem seguindo e a gente agora, com esse certificado, tem uma segurança maior, em caso da saída de algum atleta vamos poder requerer a devida indenização. O certificado protege o clube em caso de saída litigiosa de um atleta. Se o clube não tem o certificado, ele fica desprotegido – disse.

Ricardo Drubscky só admite segurar empate se for no final

Ricardo Drubscky lembra que vantagem do Fluminense é mínima (Foto: Nelson Perez - FFC)

Ricardo Drubscky lembra que vantagem do Fluminense é mínima (Foto: Nelson Perez – FFC)

Se o Fluminense joga por um empate, sábado, com o Botafogo, no Engenhão, para ir à final do Campeonato Carioca, Ricardo Drubscky afirma que o time não entrará em campo para ficar segurando o resultado. O técnico só admite administrar uma eventual igualdade se a partida estiver se encaminhando para o fim.

Mesmo tendo vencido o jogo de ida por 2 a 1, Drubscky faz elogios ao time rival e prevê dificuldades no próximo confronto.

– É um time de ótimas individualidades e que tem um conjunto muito interessante, como um desenho tático. O René usa algumas variações. Foi campeão da Taça Guanabara não à toa. Tem, realmente, argumentos interessantes. Termos vencido o primeiro jogo foi importante. Invertemos a vantagem, mas volto a dizer: ela é mínima, quase zero. Assim como era a vantagem do Botafogo. Num clássico, não tem como prever. As oportunidades aparecem. São duas equipes que vão se degladiar, de maneira forte, ofensiva. No fim do jogo, se for Botafogo ou Fluminense. A partir dos 35 minutos, pode haver alguma coisa no final de manutenção do resultado, com um zagueiro ou volante a mais. Mas em 90% será de confronto aberto, de busca pelo resultado – disse.

Giovanni atenta para velocidade do Botafogo pelo seu lado

Giovanni admite que precisa estar ligado (Foto: Nelson Perez - FFC)

Giovanni admite que precisa estar ligado (Foto: Nelson Perez – FFC)

Já prevendo dificuldades defensivas para o jogo de sábado, contra o Botafogo, Giovanni alerta para a velocidade do rival em seu setor. O lateral-esquerdo do Fluminense sabe que o adversário da semifinal do Campeonato Carioca tem muita força pelo lado direito.

– Sabemos que o lado direito deles ataca muito. O Gilberto ataca muito, tem o Jobson. Precisamos saber disso, que tem jogadores de velocidade. Isso é uma preocupação minha e precisamos estar ligados – disse.

Como? Técnico do Bota dá a entender que Carioca acabou para Fred

René Simões, por outro lado, elogia categoria de Fred (Foto: Vitor Silva - SSPress.)

René Simões, por outro lado, elogia categoria de Fred (Foto: Vitor Silva – SSPress.)

Suspenso por dois jogos (já cumpriu um), Fred não pode enfrentar o Botafogo, sábado, no Engenhão, pela volta da semifinal do Campeonato Carioca, mas pode retornar ao Fluminense se a equipe passar a final. Porém, René Simões, técnico rival, dá a entender que a competição acabou para o atacante. O treinador não aprova as críticas feitas pelo camisa 9 tricolor ao Estadual.

– Fred é extraclasse. Pedi a contratação dele no Fluminense, é um grande jogador. Adoraria tê-lo no meu time. Mas talvez ele não goste do que vou falar. Quando o Fred pediu que termine o Carioca, ele pediu que terminasse pra ele. Se é justo ou injusto, não me cabe julgar – disse.

Como você caracteriza o começo do trabalho de Ricardo Drubscky?

Como você caracteriza o começo do trabalho de Ricardo Drubscky?

Ver resultados

Loading ... Loading ...
 enquete6

Sem Fred, tricolores elegem parceiro ideal para Kenedy

Suspenso, Fred não enfrentará o Botafogo, sábado, no Engenhão, na volta da semifinal do Campeonato Carioca. Sem ele, os tricolores elegeram, em enquete no NETFLU, Robert como o parceiro ideal para Kenedy no ataque.

Dos mais de 1.600 votantes, a joia das divisões de base do clube 44% da preferência.

Veja o resultado da enquete:

 

resultado

Relator que negou efeito para Fred é Vasco e já ironizou Flu na net

Vagner Lima com casaco do Vasco (Foto: Reprodução)

Vagner Lima com casaco do Vasco (Foto: Reprodução)

Vagner Lima Gabriel foi o auditor do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) que negou o efeito suspensivo para o Fluminense contar com Fred, sábado, contra o Botafogo. O relator em questão, inclusive, é torcedor do Vasco e já ironizou muitas vezes o Tricolor via internet.

Torcedores rastrearam imagens divulgadas por Vagner Lima em redes sociais e encontraram várias imagens ofensivas ao Fluminense.

Confira algumas dessas imagens:

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Drubscky foge de polêmica e elogia gramado do Engenhão

Ricardo Drubscky não vê prejuízo para o Fluminense (Foto: Nelson Perez - FFC)

Ricardo Drubscky não vê prejuízo para o Fluminense (Foto: Nelson Perez – FFC)

A marcação da partida de sábado, entre Botafogo e Fluminense, pela volta da semifinal do Campeonato Carioca, para o Engenhão trouxe muita polêmica. O assunto, no entanto, não abalou em nada o técnico tricolor. Ricardo Drubscky gosta do gramado do estádio do rival e entende a posição alvinegra de pedir a realização do jogo lá em vez do Maracanã.

– Acredito que isso não vai ter problema. Se para o Botafogo isso trouxe algum benefício eles estão certos em pedir essa troca. Para nós, em particular, o campo é muito bom, o Fluminense tem história de conquistas ali, estamos dentro da cidade do Rio. É lógico que é um estádio mais afeito ao Botafogo, mas enfim… as dimensões do campo são as mesmas e me parece que o gramado é até melhor que o do Maracanã. Sinceramente, não vejo problema técnico nenhum. Tenho falado isso com os jogadores. Volto a dizer: se o Botafogo acha que isso é interessante para eles, fizeram muito bem em mudar. Para nós não altera nada – disse.

Fluminense irá à Justiça por aliciamento de jogador na base

Teixeira diz que Fluminense será ressarcido (Foto: Photocamera)

Teixeira diz que Fluminense será ressarcido (Foto: Photocamera)

O caso Paulo Vitor, atleta do sub-17 que abandonou o Fluminense para jogar pelo Vasco, está longe de acabar. O Tricolor irá à Justiça atrás de seus direitos. Gerente de futebol, Marcelo Teixeira lembra do episódio em que a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) consultou o clube via e-mail se havia a liberação do atleta e, mesmo sem o consentimento requerido, inscreveu ele no rival.

De acordo com Teixeira, essa atitude fere o regulamento e o clube das Laranjeiras vai contestar para ser ressarcido após tal aliciamento.

– Pegou todo mundo de surpresa. A Federação mandou o e-mail, o Fluminense, em seguida, respondeu que não tinha liberado o atleta, pois tinha contrato de formação com o Fluminense. Mesmo assim a Federação inscreveu o jogador. Foi rasgado o regulamento, várias coisas e o Fluminense agora vai à Justiça buscar seu direito. Estamos embasados por regulamentos, por contratos e a gente vai ser ressarcido – disse.