Volante revelado pelo Fluminense faz sucesso em Malta

1Na mesma época, o Fluminense promoveu dois Rodolfos. O primeiro e mais conhecido foi o zagueiro, titular em 2003 e, principalmente, em 2004. O outro foi Rodolfo Soares, volante, que atuou pouco. Hoje é destaque do Hibernians, de Malta.

Atuando como zagueiro, Soares ajudou seu time a ficar invicto por 27 rodadas. São 23 vitórias, quatro empates e a liderança no campeonato maltês. Aos 29 anos, falou do bom momento:

– É muito bom ver que o trabalho está dando resultados em campo. A invencibilidade no campeonato é fruto de muita dedicação de todos os atletas do elenco. Não é fácil manter uma série dessas de 27 jogos sem derrotas. Queremos encerrar a competição desta forma, sem sofrer nenhum resultado negativo, mas, principalmente, com o título – afirmou Rodolfo, falando da expectativa pela conquista do título:

– O título vai ser muito especial para mim. Estou muito ansioso para conquistar esse troféu com o Hibernians. A torcida aqui é muito apaixonada e está esperando muito por esta conquista. Vamos trabalhar bastante para conquistar a competição e a vaga nas eliminatórias da Liga dos Campeões.

Assistências fazem Vinícius voltar aos holofotes

2Dois jogos e duas assistências seguidas e ambas muito parecidas, com cruzamentos para a área. Vinícius comemora o bom momento e as oportunidades aproveitadas. As atuações do meia renderam elogios até de Gerson, que acabou o barrando, quando Cristóvão Borges ainda era o treinador do Fluminense.

– Fico feliz de entrar bem e ajudar o Fluminense a conquistar as vitórias. O professor Ricardo deixou bem claro que não são só os onze titulares, ele quer mais jogadores que possam entrar e ajudar e estou procurando fazer isso. É claro que todo jogador trabalha para ser titular, mas a partir do momento que se faz um grupo vencedor, ficamos contentes porque é assim que poderemos conquistar títulos. Estou caindo ali mais pelo lado esquerdo e dando passes para os gols, isso é muito bom – afirmou Vinícius, que marcou um gol no Estadual, logo em sua estreia diante do Friburguense.

Estatística: Fred é o segundo melhor jogador do Estadual

De acordo com o Footstats, programa de estatísticas de futebol, o atacante Fred é o segundo melhor jogador do Campeonato Carioca. Ele só perde para Marcelo Cirino, do Flamengo. O capitão do Fluminense aparece com 123,9 pontos e o rubro-negro, 132,6. Os dados levam em consideração todos os números dos atletas no Estadual.

O volante tricolor Jean aparece na terceira colocação. Wellington Silva é o quinto. Veja a lista dos dez primeiros:

 

 

2

Proposta para retorno do mata-mata é formalizada à Globo e CBF

brasilA bola está com os clubes, CBF e Rede Globo. O presidente da Federação de Futebol da Bahia, Ednaldo Rodrigues, formalizou e enviou uma proposta para as agremiações, confederação nacional e a emissora para que o Campeonato Brasileiro volte a ser disputado no sistema mata-mata na parte final do torneio.

O formato prevê a participação de 24 equipes e que cada uma dispute 35 partidas. Seriam 23 jogos disputados por pontos corridos e 12 por mata-mata.

O projeto da federação baiana deve ser discutido pela comissão de clubes criada para avaliar a mudança de formato do Brasileiro. O presidente do Grêmio, por exemplo, propõe outro modelo de mata-mata.

É batata! Quando integrante do trio marca, Fluminense vence

trioGerson, Kenedy e Fred têm dado o que falar neste Campeonato Carioca. Ao lado da garotada, o capitão compõe um trio que faz a diferença na competição: Juntos, marcaram 16 dos 27 gols do time, o que representa 59,25% dos tentos. E os números vão além disso.

O camisa 9 é o artilheiro no ano com nove gols. Gerson tem quatro em oito partidas e Kenedy, três. O trio de frente, inclusive, dita o ritmo da equipe. Dos 13 jogos realizados até aqui, pelo menos um deles balançou redes em oito duelos. Curiosamente, sempre que isso aconteceu, o Fluminense saiu vencedor.

Nas quatro primeiras rodadas, Fred fez cinco gols seguidos. Quatro rodadas depois voltou a estufar a rede, ao lado de Gerson e Kenedy. A partir dali, quando um dos componentes da tríade marcou, o Tricolor só venceu. Veja abaixo todos os gols de Gerson, Kenedy e Fred no Carioca:

01/02 – Fluminense 2 x 1 Friburguense – Campeonato Carioca – Raulino de Oliveira (Vinícius e Fred)
04/02 – Nova Iguaçu 1 x 4 Fluminense – Campeonato Carioca – Edson Passos (Giovanni, Fred (2) e Jean)
08/02 – Fluminense 2 x 1 Bangu – Campeonato Carioca – Maracanã (Fred e Robert)
12/02 – Boavista 0 x 3 Fluminense – Campeonato Carioca – Eucy Resende (Lucas Gomes, Fred e Jean)
08/03 – Fluminense 3 x 1 Botafogo – Campeonato Carioca – Maracanã (Kenedy, Gerson e Fred)
12/03 – Fluminense 3 x 0 Bonsucesso – Campeonato Carioca – Maracanã (Gerson, Kenedy e Edson)
26/03 – Fluminense 3 x 0 Cabofriense – Campeonato Carioca – Maracanã (Gerson, Edson e Fred)
29/03 – Fluminense 4 x 2 Barra Mansa – Campeonato Carioca – Moacyrzão (Gerson, Fred (2) e Kenedy)

Na base da força!

pauloVocê é favorável às torcidas organizadas? O blogueiro Paulo Brito não levanta essa questão, mas utiliza o incidente da última semana, quando membros da Força Flu entraram em rota de colisão com o vice-presidente de futebol, Mário Bittencourt, no departamento de futebol, nas Laranjeiras, para analisar a relação entre clubes e uniformizadas no país. Algumas conveniências e pontos de vistas são expostos. Tire suas conclusões, após a leitura. Clique aqui, para visualizar. Não deixe de comentar.

Fluminense aguarda proposta no “mínimo razoável” por Walter

Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C

Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C

Em seu blog no portal Yahoo, Bruno Voloch publica que a diretoria do Fluminense quer se desfazer de Walter. Por isso, aguarda uma proposta oficial para que possa se livrar do jogador e dos R$ 80 mil mensais diários, parcela que lhe cabe do salário.

O jornalista lembra que o atacante quase foi parar no Santos, por indicação do então treinador Enderson Moreira. Ele seria envolvida numa troca com Thiago Ribeiro, mas o alto salário deste – quase R$ 200 mil – foi um obstáculo e a negociação acabou sendo encerrada.

O investimento em Rodrigo Pinho, do Madureira, abre caminho para a saída de Walter. Resta agora uma oferta que seduza os dirigentes tricolores, que não se oporão à transferência. Voloch afirma que quem chegar com uma proposta razoável tira o jogador das Laranjeiras.

Na semana passada, foi noticiado o interesse do Goiás novamente na contratação. Walter não marca um gol pelo Fluminense há quase um ano.

Gerson ressalta boa fase de Vinícius

3Vinícius foi contratado para preencher a lacuna deixada por Conca no meio-campo. De moral elevada na pré-temporada, ganhou a posição de titular do Fluminense, mas acabou saindo para a entrada de Gerson. Entrou nos dois últimos jogos e deu assistências importantes. A contribuição do ex-jogador do Náutico passou despercebida.

– Feliz por ter feito mais um gol em mais uma partida e ao Vinícius pela bola. Me achou ali sozinho. Ele tem entrado bem nos jogos – elogiou Gerson, que acabou barrando o apoiador.

Clássico com o Flamengo não mexe com o psicológico de Marlon

Preparação para o Fla-Flu começa nesta terça. Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C

Preparação para o Fla-Flu começa nesta terça. Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C

O clássico com o Flamengo já tem uma importância natural, histórica, pela grandeza do espetáculo. Valendo então, a responsabilidade só aumenta. Marlon é ciente de que o jogo é fundamental para as pretensões do Fluminense, mas garante que um possível nervosismo não interferirá na parte técnica.

– Nós estamos acostumados a jogar clássico desde a base. Agora é diferente por causa da torcida, mas isso a gente não pode levar para dentro de campo. Temos que ter a nossa personalidade e manter a confiança para que todas as coisas possam dar certo – explicou a cria de Xerém,

Ex-Fluminense, Thiago Neves manda recado a Dunga: “Estou pronto”

Thiago Neves defende o Al Hilal, da Arábia Saudita

Thiago Neves defende o Al Hilal, da Arábia Saudita

Do Oriente Médio, um ex-jogador do Fluminense sonha alto. Thiago Neves, camisa 10 do Al Hilal (ARA), acredita que tem plenas condições de voltar a vestir a camisa da seleção brasileira e fez lobby ao técnico Dunga.

– Quem decide isso é o Dunga. Se ele estiver precisando de um meia, pode saber que estou pronto para fazer parte da Seleção Brasileira. Continuo sendo o Thiago Neves de sempre e com o sonho de voltar a vestir a amarelinha – disse o campeão brasileiro de 2012, admitindo que o campeonato local não é dos mais fortes:

– O nível do futebol aqui é mais baixo, mas tem melhorado bastante nos últimos anos. Um exemplo é a Liga dos Campeões da Ásia, que está bastante disputada e com excelentes equipes brigando pelo título. Mesmo assim, tento me dedicar ao máximo aos treinos e dentro de campo. Acho que o segredo é sempre manter o foco e não se acomodar com as coisas. Tento sempre me superar no jogo e melhorar meu futebol. Estou vivendo uma excelente fase no Al Hilal e quero continuar a fazer história com o clube.