Gum, provavelmente, estará à disposição no início de novembro

Foto: Photocamera

Foto: Photocamera

Falta pouco para Gum voltar a disputar um jogo oficial. Trabalhando com bola, o zagueiro está prestes a ser relacionado pelo técnico Cristóvão Borges, conforme revelou o médico do Fluminense, Douglas Santos.

- O Gum já participou de dois rachões. Vem evoluindo bem. A previsão vai depender muito da preparação física, mas acho que na primeira semana de novembro estará à disposição do técnico – contou o doutor, coordenador do DM tricolor.

O camisa 3 não joga desde o empate com o Coritiba em 1 a 1, no Maracanã, dia 9 de agosto. Fraturou a fíbula da perna esquerda e correu o risco de não atuar mais na temporada.

Bruno Veiga ainda pertence ao Fluminense

2Andarilho do futebol, Bruno Veiga ainda tem contrato com o Fluminense. Emprestado várias vezes, não alimenta mais o sonho de fazer parte definitivamente do elenco tricolor.

“Eu ainda pertenço ao Fluminense, estou emprestado até o final do ano (ao Paysandu). Cheguei ao Flu com 10 anos de idade. Meu contrato acaba em breve, e até agora, não teve conversa pra renovação. Devo seguir meu caminho fora das Laranjeiras, mas tudo pode acontecer. Meu futuro a Deus pertence – comentou.

Saudoso, Edson relembra com carinho de gol decisivo

Foto: Photocamera

Foto: Photocamera

Aos 45 minutos do segundo tempo, Chiquinho recebe a bola pela esquerda, olha para a área e cruza rasteiro. Edson se antecipa a zaga, balança a rede e garante os três pontos do Fluminense diante do Santos em plena Vila Belmiro. A cena está viva na memória do volante.

- Foi um belíssimo gol. Uma jogada bem trabalhada, saindo de um lado e o gol acontecendo do outro. Chiquinho foi feliz no cruzamento e eu no gol. Estávamos precisando da vitória e pudemos conquistar os três pontos com esse gol. Estamos nais próximos do G4 e vamos brigar por isso – garantiu.

Cristóvão Borges explica barração de Carlinhos

Foto: Photocamera

Foto: Photocamera

Desde 2010 reinando na lateral esquerda do Fluminense, Carlinhos perdeu a condição de titular absoluto. O camis a 6 foi barrado por Chiquinho, que atua improvisado no setor. Questionado, o técnico Cristóvão Borges respondeu objetivamente o motivo da saída de Carlinhos.

- Ele não está jogando porque o outro está melhor. É assim com todo mundo em todas as posições Quando ele tiver chance vai jogar. Olha o Edson aí. Teve chance, aproveitou, vai jogando – explicou o comandante tricolor.

Treinador diz que Flu poderá ter um diferencial a partir de agora

Foto: Photocamera

Foto: Photocamera

A partir do jogo contra o Atlético-PR, o Fluminense passará a atuar somente nos fins de semana, exceto na rodada 35. Com mais tempo para treinar, em detrimento de times que disputam Copa do Brasil e Sul-Americana, Cristóvão vê um diferencial a favor do Tricolor e de outros.

- Não tenho a menor dúvida disso. Falei isso lá atrás, que haveria uma oscilação, que está acontecendo. Mesmo as equipes melhores preparadas, com o Cruzeiro, estão sentindo. Então, imagine os outros. Vai influenciar essas semanas, sim. Mas depende dessas equipes que terão um espaço maior aproveitar – declarou o técnico.

O Fluminense enfrentará Atlético-PR, Goiás, Coritiba, Botafogo, Chapecoense, Sport, Corinthians e Atlético-MG. Apenas o jogo contra a Chapecoense será realizado numa quarta-feira. Todos os outros nos fins de semana.

Henrique deverá estar à disposição de Cristóvão em 15 dias

1Até bem pouco tempo, o Fluminense convivia com problemas na zaga. Chegou a ter apenas dois jogadores aptos para atuar. Aos poucos o cenário começa a mudar. Operado há quase um mês, Henrique deverá estar à disposição do técnico Cristóvão Borges brevemente.

- Henrique está entregue à preparação física, vem evoluindo bem, mas está com três semanas de operado, então temos que esperar um pouco mais. Calculamos 40 dias para a recuperação. Então, mais uns 15 dias e ele deve estar à disposição para jogar – disse o coordenador médico do clube, Douglas Santos.

Fluminense x Atlético-PR será transmitido para o Rio de Janeiro

2Fluminense e Atlético-PR acontece neste sábado, às 16h20, no Maracanã. Mesmo sendo realizado no Rio de Janeiro, o jogo terá transmissão da tv aberta para o estado. Outras nove federações acompanharão a partida: Paraná (Apenas Curitiba), Espírito Santo, Paraíba, Piauí, Pará, Amazonas, Rondônia, Acre e Roraima.

Luis Roberto narra pela Rede Globo, com os comentários de Juninho Pernambucano e Paulo Cesar Oliveira.

Veja quem Cristóvão Borges relacionou para o jogo deste sábado

Biro-Biro está relacionado. Foto: Nelson Perez

Biro-Biro está relacionado. Foto: Nelson Perez

Mais uma vez 20 jogadores foram relacionados pelo técnico do Fluminense, Cristóvão Borges. Não há grandes novidades em relação à última partida. Bruno e Fred retornam e serão titulares no confronto deste  sábado, frente ao Atlético-PR, no Maracanã. Veja quem está à disposição:

Goleiros: Diego Cavalieri e Felipe

Laterais: Bruno, Chiquinho e Carlinhos

Zagueiros: Marlon, Guilherme e Elivélton

Volantes: Edson, Jean e valencia

Meias: Wagner, Conca e Gustavo Scarpa

Atacantes: Walter, Fred, Rafael Sobis, Kenedy, Biro-Biro e Matheus Carvalho

Sem tirar os pés do chão, Wagner vê Flu mais próximo do G4

2Duas vitórias consecutivas, com atuações melhores do que nas rodadas anteriores e a confiança está de volta às Laranjeiras. Wagner não sobe nas tamancas, mas acredita piamente na classificação para a Copa Libertadores do próximo ano.

- Sabíamos que o jogo não seria fácil, mas conseguimos o resultado. Buscamos, sofremos, lutamos e ficamos com os três pontos. Estamos nos aproximando, mas vamos manter a humildade e seguir trabalhando forte – garantiu o apoiador.

Flu é melhor sem Fred? “Ele vai jogar sempre”, avisa Cristóvão

2Em um levantamento constatou-se que o Fluminense, sem Fred, tem melhor aproveitamento do que quando o centroavante está em campo (60%). Os números, no entanto, não iludem o treinador do tetracampeão brasileiro. Cristóvão Borges diz que o camisa 9 jogará sempre.

- Se você for fazer a pergunta para  todos os adversários, vão preferir enfrentar o Fluminense sem o Fred. O cara é artilheiro, jogador de seleção, decide muito para a gente, tem história no clube, confirma isso no campo… Então vai jogar sempre. Impõe respeito e, de certa forma, intimida, preocupa o adversário. Possivelmente vai brigar pela artilharia com grandes chances de ser o artilheiro. Com ele, o Fluminense é a segunda equipe no campeonato que mais faz gols no campeonato. Com o Fred o Flu é eficiente e sem ele também. Para mim, o que importa é isso – defendeu Cristóvão.